Putin deseja a Bolsonaro uma rápida recuperação do coronavírus

“Gostaria de expressar sinceras palavras de apoio e meus desejos por uma recuperação rápida e completa. Estou certo de que sua vitalidade e força o ajudarão a superar a doença perigosa”, escreveu Putin em mensagem publicada no site da presidência russa.

O presidente russo também expressou seu desejo de continuar o diálogo “construtivo” entre os dois líderes e de “trabalhar juntos com sucesso”.

Bolsonaro, 65 anos, e um negador do coronavírus, a quem chamou de “gripe”, anunciou na terça-feira passada que havia testado positivo para o COVID-19, embora garantisse que se sentia “bem” e que recebeu o resultado “sem pânico. ”

Leia  VIDA: o primeiro ventilador pulmonar projetado pela Nasa será produzido no Brasil

A América Latina e o Caribe se tornaram nesta segunda-feira a segunda região com as mortes mais oficialmente registradas (144.758). A Europa é a primeira.

Por sua vez, o Brasil é o segundo país com o maior número de infecções (mais de 1,8 milhão) e mortes (72.100), enquanto a Rússia é o quarto com mais casos (732.547) e o décimo segundo em mortes (11.422), segundo a Johns University. Hopkins.