No Día Mundial do Chocolate Coopessba comemora produção de chocolates

A Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia (Coopessba), de Ilhéus, produz 500 quilos do Chocolate Natucoa por mês. Em seu catálogo de produtos tem barras de chocolates com teores de 56%, 70% e 80% de cacau, veganos, bombons com geleia de mel de cacau e chocolate em pó. São 372 cooperados que têm como objetivo fortalecer o sistema de produção cacau-cabruca, sistema ecológico de cultivo agroflorestal.

A presidente da Coopessba, Carine Assunção, explica que os chocolates são feitos com amêndoas selecionadas: “A cooperativa possui o selo IG (Identificação Geográfica) Cacau Sul da Bahia, certificado de origem, que rastreia a origem do cacau e dá garantia de qualidade”.

Em Ibicaraí, a Bahia Cacau, gerida pela Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), comercializa os chocolates premium na Bahia e em outros estados brasileiros, com uma produção de 800 quilos por mês, com 35%, 50%, 60% e 70% de cacau, além de nibs, pedaços de amêndoas de cacau torrados e triturados e trufas. São cerca de 200 cooperados, que cultivam amêndoas selecionadas.

Leia  Prefeitura de Ilhéus autoriza abertura da terceira fase COVID

A Coopessba e a Coopfesba são apoiadas pelo Governo do Estado para qualificar o processo produtivo, com agregação de valor e acesso a mercado. Os investimentos são realizados pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio do Bahia Produtiva, projeto executado Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), com cofinanciamento do Banco Mundial.